Image by Henry Lo

Consulta de Psicologia

Saúde não significa apenas a ausência de doença!

A Consulta de Psicologia destina-se quem queira alcançar as mudanças que deseja na sua vida. 

Promove a adaptação a contextos, condições, situações bem como a promoção de um funcionamento mais adaptativo e satisfatório nas várias áreas da vida - relacional, profissional, pessoal, comunitária. 

Estou aqui para a/o ajudar nesse caminho!

 

Objetivos e motivos para consulta: 

Os sintomas que geram disfunção e insatisfação são a ponta do icebergue que levam a maioria da pessoas às consultas. Mau-estar psicológico, emoções intensas e persistentes, pensamentos negativos, comportamentos desajustados, relacionamentos difíceis são sintomas, entre tantos outros, de que algo precisa de ser olhado de forma mais profunda.

É necessário compreender que eles são apenas os sinalizadores do mau-estar que terá de ser posteriormente compreendido em psicoterapia. 

Estes são os sintomas habituais que levam a maior parte das pessoas às consultas: 

  • Emocionais ​- existência de sentimentos e emoções persistentes e intensas de tristeza, medo, angústia, culpa, pânico, desespero, aflição, entre outros.

  • Comportamentais - isolamento, choro, relacionamentos difíceis, abuso de álcool e/ou substâncias, perturbações do comportamento alimentar, agressividade excessiva, deixar de fazer tarefas habituais, desinteresse, comportamentos auto-lesivos, entre outros. 

  • Cognitivos - pensamentos ruminantes, obsessivos, suicidas, crenças de que não vai ser capaz, de que não é suficientemente bom, de que não tem valor ou não é capaz. 

  • Físicos - muitas vezes o mau-estar psicológico traduz-se na saúde e bem-estar físico. A estes sintomas chamamos “psicossomáticos” e podem incluir dores de cabeça, estômago, tonturas, cansaço, cólicas, tensão muscular, falta de energia, dificuldade em respirar, dificuldades ao nível do sono.